Apresentação

 

DACIA DUSTER «GLACE» E ALAIN PROST, UM OBJETIVO COMUM: CONQUISTAR O TROFÉU ANDROS

Pelo segundo ano consecutivo, o veículo de competição Dacia Duster «Glace», pilotado por Alain Prost, parte à conquista das pistas geladas do Troféu Andros.A primeira prova da época 2010-2011 decorrerá nos dias 4 e 5 de dezembro, em Val Thorens, França.

Alain Prost e Dacia prolongam, assim, a sua parceria, depois de uma promissora primeira época, marcada por três vitórias e um segundo lugar na classificação geral. O Dacia Duster «Glace» beneficia de evoluções técnicas relativamente à época anterior. Com um motor que oferece um intervalo de utilização mais amplo e equipado com novos amortecedores e um renovado sistema de quatro rodas motrizes, o Dacia Duster «Glace» demonstrou um nível de desempenho superior ao do ano passado, logo nos primeiros ensaios da pré-época.

Alain Prost: «O trabalho realizado no Duster «Glace» deu os seus frutos e estamos convencidos de que dispomos de todas as armas para esta época. No entanto, perante uma oposição ainda mais forte que a do ano passado, vai ser necessário combinar performance e regularidade para disputar o título. […] Conquistar o Troféu Andros com a Dacia é o meu objetivo.»

O Troféu Andros é uma competição à parte no desporto automóvel: o regulamento limita as soluções tecnológicas complexas e onerosas, valorizando a fiabilidade dos veículos e a eficácia dos pilotos. Dacia é também uma marca que gosta de saltar barreiras, por isso oferece aos seus clientes uma forma diferente de mobilidade: um veículo robusto, fiável e acessível a todos. 

Duster, o 4x4 da Dacia disponível na Europa desde a primavera de 2010,conheceu um elevado sucesso em todos os países onde foi comercializado, com mais de 30 000 unidades matriculadas no final de setembro de 2010. Em França, no mês de outubro, o Dacia Duster ocupou a terceira posição no segmento dos veículos todo-o-terreno/todos-os-caminhos.

DACIA NO TROFÉU ANDROS

Pelo segundo ano consecutivo, a Dacia lança-se à conquista dos circuitos de gelo do Troféu Andros. Nas pistas do Troféu Andros, que submetem a duras provas a fiabilidade dos veículos, a Dacia poderá demonstrar uma vez mais que a robustez está nos seus genes. As exigências do regulamento desta competição limitam a integração nos veículos de elementos onerosos e tecnologicamente demasiado complexos. De facto, as dimensões do chassis, a caixa de velocidades ou os pneus estão bem definidas no regulamento, tornando necessário, para se distinguir dos demais, procurar soluções simples e inteligentes, de acordo com o espírito Dacia.

O Troféu Andros é reconhecido com uma das disciplinas mais difíceis do panorama da competição desportiva. Pelos seus circuitos de gelo, cujo estado varia muito rapidamente consoante as condições meteorológicas, a condução do veículo é um trabalho de precisão que exige domínio, rigor e inteligência. Um terreno «à medida» de Alain Prost.